Brasil pós copa, podemos ficar confiantes?


>> Início :: Utilidade Pública :: Política :: Brasil pós copa, podemos ficar confiantes?



Enfim, como muitos esperaram ansiosos, estamos no mês da copa. A copa está prestes a iniciar-se mesmo com muitas polêmicas, discórdias, muitos gastos. Mesmo quando muitos diziam e até grafitavam nas paredes das cidades, “não terá copa”.

Quando recebemos a notícia que a copa seria realizada no Brasil, começamos uma trajetória cheia de reformas e polêmicas vindo de antigos jogadores da seleção. E hoje com os números gastos para realização dessa copa, podemos ficar confiantes na evolução econômica, social e política do Brasil depois que essa competição mundial for realizada?

A copa irá render Lucro para a população?

Mesmo com o alto capital direcionado somente para estádios, podemos ficar confiantes que logo após seu término iremos ter lucro com o turismo ou somente afundaremos em  dívidas?

Não se faz copa com hospitais! – Não é mesmo?



“Não se faz copa com hospitais!” – Mas o nosso país precisa mesmo que a copa seja realizada aqui onde somente grandes empresários, os jogadores e outros famosos vão ser beneficiados? E a população que vive nesse país e que está sendo ludibriado com o evento terá hospitais modernos, escolas, e segurança pós copa?

Vamos vibrar com a Seleção Brasileira?

Se nossa seleção ganhar, vamos nos render ao encanto do futebol e vibrar como exímios torcedores e esquecer tudo que somos obrigados a aceitar nessa sociedade brasileira aparentemente democrática? Eu espero que não.

Haverá manifestação?

Segue a dúvida! Muitas pessoas já me perguntaram isso, mas será que com este ato iremos conseguir mudar a situação medíocre que o Brasil  vive? Iremos passar por uma revolução e mudaremos a história do nosso país.

Que país é esse?

Eu costumava responder: “É a Merda do brasil” – Diante de tantos fatos lamentáveis ainda desejo que haja mudança. E que essa mudança seja positiva para que o Brasil deixe de ser um país de terceiro mundo.

 














Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *