Biografia – Sérgio Pimenta


Boa noite a todos!!!

Vou começar minha série de biografias falando do maior ícone da música cristã brasileira, apesar de falar muito pouco sobre ele hoje em dia.

Sérgio Paulo Muniz Pimenta nasceu no Rio de Janeiro, em 1954, e foi o principal compositor cristão nas décadas de 70 e 80, como músicas como “Cada Instante”, “Você pode ter”, “Pescador”, “Tudo ou nada”, “Resposta Certa”, “Aquele que me ama”, “É preciso”, “Vem comigo”, “A moça do poço”, “O que me faz viver”, “Fonte”, “Só quem sofreu”, e mais de 300 composições, será lembrado para sempre como um músico de Deus, um original raro.

Fez parte do ministério Vencedores por Cristo por muitos anos, e fundou junto com seus amigos de ministério o Grupo Semente. Aprendeu música para impressionar uma menina da igreja. Não a conquistou, mas nos conquistou com sua bela música. Sua disciplina musical era enorme, chegava a ser chato às vezes, mas era amável com todos os seus companheiros de ministério.

Essa disciplina foi adquirida quanto serviu o exército na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), onde se tornou capitão e virou nome de uma escola em Jardim Virgínia, São Paulo-SP. Casou com Sônia Pimenta, com quem teve dois filhos, Renato e Juliana. Em 1986, começou a se queixar de uma dor nas costas, mas os exames não tinham identificado nada de anormal. Em abril, recebeu a notícia de câncer(metastase em estágio avançado. Era e a doença evoluiu rápido, quase fulminante.

Na época, levantou-se um grande clamor nas igrejas evangélicas pela recuperação do Sérgio. Em agosto de 1987, Sérgio Pimenta faleceu, no Hospital do Câncer em São Paulo. Quem um dia ousar falar de música cristã brasileira sem mencionar o nome de Sérgio Pimenta, estará cometendo um grande equívoco.

Graça e Paz, Carlos Meneleu.

Assista os vídeos nesse link: http://oskaras.com/sergio-pimenta/




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


+ quatro = sete

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>