Ritalina 10mg / 30 Comprimidos

Compartilhe com seus amigos !

Comprar Ritalina

COMPRAR RITALINA 10MG

Comprar Ritalina


Para que é usado?

Ritalina é usado para o tratamento do Transtorno de deficit de atenção e hiperatividade

Transtorno de deficit de atenção/hiperatividade ou Transtorno hipercinético é um distúrbio de comportamento em crianças e dolescentes. Cerca de 3% das crianças sofrem deste transtorno, o que as torna incapazes de ficarem paradas ou se concentrar em tarefas por um determinado período de tempo. As crianças com esse transtorno podem ter dificuldades para aprender e fazer tarefas escolares. Elas podem frequentemente se tornar difícil de lidar, tanto na escola quanto em casa.

Se o paciente é uma criança ou se você for um adolescente, o médico prescreveu Ritalina como parte de um programa de tratamento de TDAH, o qual incluirá também, usualmente, terapia psicológica, educacional e social.

A Ritalina também é utilizada para o tratamento da narcolepsia

A narcolepsia é um distúrbio do sono. Pacientes com narcolepsia vivenciam repetidos ataques de sonolência durante o dia, mesmo após uma noite adequada de sono. A narcolepsia deve ser diagnosticada por um médico através do padrão registrado de sono-vigília.

Como este medicamento funciona?

Ritalina tem como substância ativa o cloridrato de metilfenidato. Ritalina é um estimulante do sistema nervoso central.

A Ritalina age melhorando as atividades de certas partes do cérebro que são pouco ativas. A Ritalina melhora a atenção e a concentração, além de reduzir comportamento impulsivo.

Narcolepsia
A Ritalina alivia a sonolência diurna excessiva em pacientes com narcolepsia.

Quando e Como tomar Ritalina

Tome Ritalina uma ou duas vezes ao dia (por exemplo, no café da manhã e/ou almoço). Engula o comprimido com água.

Em alguns pacientes a Ritalina pode causar insônia. Para evitar dificuldade em adormecer, a última dose de Ritalina deve ser tomada antes das 18 horas, a menos que o seu médico tenha recomendado diferente.

Quanto tomar

Não altere a dose sem falar com o seu médico. Se você tem a impressão de que o efeito da Ritalina® é muito forte ou muito fraco, fale com o seu médico.

Crianças

O médico irá dizer-lhe quantos comprimidos de Ritalina dar para a criança. O médico irá iniciar o tratamento com uma dose baixa e aumentá-la gradualmente, conforme necessário. A dose diária máxima recomendada é de 60 mg.

Adultos

O seu médico irá dizer-lhe exatamente quantos comprimidos tomar. A dose diária habitual é de 20 a 30 mg, mas alguns pacientes podem necessitar de mais ou menos do que isso. A dose diária máxima recomendada é de 60 mg para o tratamento da narcolepsia e de 80 mg para o tratamento do TDAH.

Por quanto tempo tomar

Utilize ritalina exatamente como indicado pelo seu médico. Não o use mais, com mais frequência e por mais tempo do que o recomendado pelo seu médico. Se usado de forma inadequada, ritalina pode causar dependência. O tratamento para TDAH varia na duração de paciente para paciente. Ele pode ser interrompido durante ou depois da puberdade. O médico pode descontinuar a Ritalina periodicamente para ver se ela ainda é necessária.

Se você parar de tomar a Ritalina

Não pare de tomar Ritalina® sem falar com o seu médico. Pode ser necessário reduzir a dose diária gradativamente antes de parar completamente. Você vai precisar de supervisão médica após interromper o tratamento.

Composição de Ritalina

Cada comprimido de Ritalina® contém 10 mg de cloridrato de metilfenidato.

Excipientes: fosfato de cálcio tribásico, lactose, amido, gelatina, estearato de magnésio e talco.

USO DE RITALINA NA GRAVIDEZ E AMAMENTAÇÃO

Gravidez

Informe ao seu médico se você esta grávida ou achar que pode estar grávida. A Ritalina® não deve ser usada durante a gravidez, a não ser que seja especificamente prescrita pelo seu médico.

Amamentação
Informe ao seu médico se você está amamentando. Não amamente durante o tratamento com Ritalina®. A substância ativa da Ritalina® pode passar para o leite humano.

Ritalina não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. 

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.


Compartilhe com seus amigos !

admin

Administrando o blog oskaras.com desde 28/06/2003 a bagagem é de mais de 14 anos, instrutor de informática, webdesign, seo e marketeiro, o que mais nos espera para 2018 ?