O que é Feed

O que é RSS, Atom, feed, Bloglines, etc…

o_que_e_feed_rss

Quando um site trouxer termos como Syndicate, RSS, Atom, XML e outras sopas de letrinha não se assuste: ele só está querendo oferecer novas formas de acessar seu conteúdo. Todo site tem duas partes distintas: a informação e a apresentação. No caso específico de um blog temos os posts e o template. Nós, humanos evoluídos e inteligentes, conseguimos facilmente diferenciar uma coisa de outra quando lemos um site. Mas para um computador que lê o HTML bruto é praticamente impossível saber qual HTML é do conteúdo e qual é a decoração do site.

Por isso é difícil para um programa ser capaz de diferenciar quando um site foi atualizado de quando, por exemplo, um banner de propaganda ou um contador de vistas e comentários foram alterados. Por essas e outras dificuldades (várias outras que não nos interessam muito neste texto) inventaram o formato RSS que é, basicamente, um arquivo texto (XML) organizado de maneira a informar as últimas atualizações no conteúdo e apenas no conteúdo de um site. Desse modo programas diversos podem acessar esses arquivos e descobrir quando um site tem conteúdo novo.

É aquele velho conceito de push dos primórdios da Internet mas que, na época, não pegou por ser burocrático demais. (e por causa das lentas conexões discadas) Desde a invenção do RSS apareceram outros formatos e maneiras de acessar o conteúdo de um site, como o RSS 2.0 e o Atom. Todos eles — no que diz respeito ao usuário final — fazem basicamente a mesma coisa. Há quem prefira um ou outro e praticamente todos os programas aceitam mais de um formato. O nome genérico desse mecanismo é feed: uma maneira simples de outros programas (incluindo aí outros sites) usarem o conteúdo do seu site.

Como ler um feed?
Assim como existem programas e serviços para ler e-mails no desktop e online (Outlook, Eudora, GMail, Hotmail…) existem programas e serviços para ler feeds online e no desktop. Os principais leitores de feeds tipo desktop são: AmphetaDesk (das antigas), FeedDemon (o que eu uso), SharpReader, NetNewsWire (para Mac) e até o Mozilla Thunderbird, que é um programa de e-mail com suporte a feeds. Na categoria online o campeão disparado é o Bloglines, que tem opção de interface em português e um grande catálogo de feeds já cadastrados em seu banco de dados. Então o que você precisa para usar os leitores de feeds?


Baixar o programa ou criar uma conta nos serviços online e informar quais sites quer acompanhar. Nem só de blogs vivem os feeds. Sites de notícias e até tirinhas em quadrinhos têm feeds. De agora em diante você não precisa mais ficar indo de site em site ver se alguma coisa nova apareceu. Basta abrir seu leitor de feeds e receber todas as informações em um só lugar.

Divulgue seu conteúdo
Mas e se você quiser disponibilizar o feed do seu blog? O que precisa? Nada, praticamente todos os sistemas de blog suportados pelo Vilago já disponibilizam feeds automaticamente, em diversos formatos. Consulte a documentação do seu sistema de blog ou entre em contato com o Síndico para mais detalhes. Uma lista mais completa de leitores de feeds pode ser encontrada aqui, em inglês.

Já o site Feeds traz um catálogo de sites brasileiros oferecendo conteúdo neste formato. E se você quiser acompanhar as novidades do Vilago é só usar o nosso feed, via o ícone XML da barra lateral ou abaixo:

Paulo Espíndola

Administrando o blog oskaras.com desde 28/06/2003 a bagagem é de mais de 14 anos, instrutor de informática, webdesign, seo e marketeiro, o que mais nos espera para este ano ?

close